Mais RecentesPara EdiçãoPós-Produção

Como Editar Vídeos de Forma Simples no Microsoft Clipchamp

Como editar vídeos com qualidade profissional de forma simples utilizando o Microsoft Clipchamp de forma gratuita.

Após a substituição do antigo aplicativo de edição de vídeos Fotos para o novo aplicativo gratuito Clipchamp (que também possui uma versão paga mais completa), a Microsoft vem com uma proposta voltada para o público que deseja editar vídeos de forma simples com mais fluidez e com ferramentas e efeitos comparados ao fluxo de edição de outras plataformas similares.

Quem já utilizou o antigo e aposentado aplicativo de edição de vídeos da Microsoft chamado Movie Maker, irá se lembrar da forma como o novo Clipchamp possui algumas similaridades.

Como proposta, a Microsoft vem para entregar um novo app de edição de vídeos de forma que o usuário consiga editar vídeos para praticamente qualquer tipo de projeto audiovisual com aspecto profissional.

Em qual versão para Windows posso baixar o Clipchamp?

Usuários do Windows 11 podem pesquisar por “Clipchamp” na barra de tarefas ou no menu Iniciar para visualizar o aplicativo.

Quem utiliza o Windows 10 pode instalar o aplicativo por meio da Microsoft Store.

A assinatura paga do programa oferece mais recursos do que a versão gratuita, mas nada que impeça o usuário criar vídeos profissionais.

Quem possui uma assinatura Microsoft 365 pessoal ou familiar pode fazer uso de algumas opções premium do Clipchamp que estão no plano pago.

Quais as vantagens do Clipchamp como aplicativo de edição de vídeos?

Mesmo que você não possua experiência em edição de vídeos, o Microsoft Clipchamp é uma ferramenta simples e intuitiva de usar.

Por possuir recursos de edição fáceis de usar, ele conta com ferramentas de clicar, arrastar e soltar e possibilidade de gravação da câmera, da tela e converter texto em fala.

Além disso, com o auxílio e recursos de IA, é possível montar um vídeo automaticamente a partir do conteúdo do usuário. Em poucos passos, você define o título do vídeo e a mídia a ser usada e o programa sugere os estilos, o formato do vídeo (vertical ou horizontal), a trilha sonora e a fonte do texto.

Você pode não apenas usar suas próprias imagens bem como um banco de mídias livre de royalties, o que é uma grande vantagem para os criadores de conteúdo.

Em relação a parte mais técnica do aplicativo, o Clipchamp permite que você controle o volume e a velocidade do áudio manualmente, ajuste as cores conforme seu projeto, defina as fontes e compartilhe seus vídeos nas mídias sociais.

Mas o que difere o Clipchamp de programas como o Adobe Premiere Pro, DaVinci Resolve e Final Cut Pro X?

Apesar de também serem programas de edição de vídeos profissionais com excelentes recursos, o Microsoft Clipchamp é um programa intuitivo, simples de usar e com recursos básicos, porém suficientes para quem precisa editar vídeos rápidos para as redes sociais com o máximo de qualidade.

Como editar vídeos no Microsoft Clipchamp

Siga os passos abaixo para saber como editar vídeos em um novo projeto.

Isso acontece porque o programa “puxa” cada arquivo do local original de onde ele foi importado. Se o projeto de vídeo for aberto no futuro para realizar uma correção ou algum ajuste e os arquivos originais não estiverem no mesmo local de onde foram “puxados” na primeira vez ou terem seus nomes ou nomes das pastas alterados, ocorrerá um erro.

Isso oferece uma camada a mais de segurança, uma vez que os arquivos ficam dentro do seu computador e não na nuvem.

Mas se quiser uma proteção a mais dos seus projetos, você pode habilitar a função de backup na nuvem e editar seus vídeos de qualquer lugar.

Passo 1: Abra o programa

Digite “Clipchamp” no campo de pesquisa conforme indicado (seta verde abaixo). Nesse caso estou usando o Windows 10.

Após digitar, você verá algumas opções de pesquisa na web (seta em amarelo) que o levará para usar o Clipchamp no navegador Microsoft Edge OU a opção do aplicativo (seta verde a direita). Nesse caso, o programa já estava instalado, por isso vemos a opção “Abrir” ou o nome Microsoft Clipchamp listado logo acima na lista de aplicativos já instalados no computador.

passo 1a

Caso ainda não tenha baixado no seu computador e deseja usar pelo programa instalado, clique na opção “Obter da Microsoft Store” e siga os passos para instalação.

passo 1b

Nota: a partir daí temos duas opções. Usar o programa através do navegador Microsoft Edge ou pelo aplicativo instalado direto no computador.

Se você for direcionado para o navegador, basta escolher o site oficial do Microsoft Clipchamp.

passo 1c

Clique em “Entrar”.

passo 1d

Na tela seguinte você deverá escolher uma forma de identificação para poder acessar o programa. Escolha a que for mais conveniente para você conforme opções abaixo.

passo 1e

No caso deste tutorial, iremos prosseguir com o programa instalado direto no computador.

Após termos selecionado a opção “Abrir” conforme mostrado na imagem 1A, aparecerá a tela de inicialização do programa. Aguarde.

passo 1f

Ao carregar a tela de inicialização, será solicitado, assim como no modo do navegador, uma forma de entrar na conta Microsoft. Escolha a que for mais conveniente para você.

No nosso caso, escolheremos a opção “Continuar com a Microsoft”.

passo 1g

Assim que realizar o cadastro ou login, verá a tela inicial.

passo 1h

Passo 2: Crie seu primeiro vídeo

Nesta etapa você tem algumas opções:

  • Criar um vídeo novo do zero
  • Criar um vídeo com IA
  • Utilizar um dos modelos pré criados pelo programa

A opção “Criar um vídeo com IA” pode ser usada para que o programa crie um vídeo utilizando a inteligência artificial baseado em alguns comandos que você pode inserir. Isso faz com que a plataforma use modelos de IA para gerar automaticamente um vídeo que melhor se adapte às suas mídias.

passo 2a

Após a análise da mídia que você enviou, o programa usa a IA para examinar e encontrar um estilo que irá se transformar em um vídeo produzido automaticamente.

No entanto, por enquanto não utilizaremos essa opção por mais que pareça atraente.

Já a opção que utiliza um dos modelos pré criados pelo programa (também conhecidos como templates), é uma forma de criar vídeos a partir de formatos pré criados pelo programa.

passo 2b

Você irá encontrar templates para vídeos do YouTube, Instagram, Jogos, TikTok, apresentações de slide, entre outras.

Mas no nosso caso, vamos optar pela opção “Criar um vídeo novo do zero” para que possamos entender a mecânica da edição e personalizarmos nossos vídeos da forma que preferirmos.

Assim que você clicar em “Criar um vídeo novo do zero”, verá a tela inicial de edição.

passo 2c

Passo 3: Como importar mídia

Para começar a editar os vídeos que você gravou, você precisa importá-los para dentro do programa.

Isso pode ser feito de duas formas: arrastando seus vídeos de uma pasta do seu computador OU clicando em Importar Mídia.

Ao clicar em Importar Mídia, você terá a opção de importar arquivos de áudio, vídeo, imagens e GIFs animados.

passo 3a

Após adicionar seus vídeos, eles aparecerão na guia mídia na barra de ferramentas.

passo 3b

Agora que seus vídeos já estão importados para dentro do Clipchamp, é hora de começar a editar.

Para editar, arraste e solte a mídia na linha do tempo na parte inferior do editor ou clique no sinal de + que aparece quando você passa o mouse por cima do vídeo.

passo 3c

À medida que você for clicando no + ou arrastando seus vídeos na timeline, eles aparecerão em sequência para que você possa fazer os cortes necessários.

passo 3d

Passo 4: Como cortar, adicionar música, texto e outros

Conforme dito anteriormente, o Clipchamp possui uma série de opções de ferramentas para incluir em seus vídeos.

Dentre algumas delas, encontram-se:

  • Músicas e efeitos sonoros
  • Imagens e vídeos prontos para usar
  • Textos com fontes diversas
  • Fundos, stickers, molduras, formas e outros elementos
  • Transições criativas
  • Filtros e efeitos especiais
  • Ajuste de cores
  • E muito mais…

Neste artigo, vamos abordar as mais populares para que você já consiga começar a criar vídeos interessantes e elaborados.

Passo 4: Como editar vídeos: corte, adição de música, texto e outros

Para cortar um clipe, selecione o clipe e arraste uma das extremidades de forma que ele vá “encolhendo”.

passo 4a

Para dividir um clipe, selecione o clipe e mova o cursor até onde você deseja dividi-lo. Após, clique no ícone da tesoura.

passo 4c

Para deletar um clipe, selecione o clipe e clique no ícone da lixeira.

passo 4b

Para aumentar/reduzir a timeline para uma melhor visualização de todos os clipes ou aumentar cada clipe para fazer um recorte mais preciso, use os botões de lupa no canto superior direito, sendo + para ampliar e – para reduzir.

passo 4d

Para girar o vídeo vertical ou horizontalmente, selecione o clipe e clique no ícone “girar” na parte alta do centro da tela. Ao clicar mais de uma vez, a tela muda para 90º, 180º, 270º e retorna ao original.

passo 4e

Transições

Para adicionar uma transição entre dois clipes, passe o mouse na junção dos clipes e clique no sinal de + em “Add transition”. Na coluna da esquerda, aparecera um botão de Transição. Clique para abrir as opções.

passo 4f

Após escolher a opção de transição, clique e ajuste a duração. Automaticamente a transição será aplicada entre os clipes. Faça o teste na sequência e visualize o tipo de transição. Caso queira alterar, clique em outra opção de transição.

passo 4g

Filtros, efeitos especiais e ajuste de cores

Para adicionar um filtro ou efeito especial ao clipe, selecione-o. A seguir, clique no ícone “Filtros” ou “Efeitos” localizados na coluna da direita.

Para aplicar um filtro, efeito ou ajustar as cores, basta clicar na opção desejada e ele será aplicado automaticamente ao clipe na timeline.

Antes de aplicar um filtro ou efeito, passe o mouse por cima para ter uma visualização prévia do mesmo.

passo 4h

Textos

Para adicionar um texto, clique em “Adicionar texto” logo acima de cada clipe na timeline. Aparecerão opções de textos prontos e uma opção para criar seu próprio texto sem formatação (primeira opção no alto). Passe o mouse por cima para ter uma ideia da animação do texto. Para inserir, basta clicar no sinal de +.

passo 4i

Para editar o texto, clique na opção “Texto” localizado na coluna a direita da tela. Dentre as opções, encontram-se alterar texto, alterar fonte e tamanho, cor do texto e do fundo.

passo 4j

Músicas e efeitos sonoros

Para adicionar um áudio, clique em “Adicionar áudio”. Na coluna da esquerda aparecerá opções de áudio para escolher.

É possível ouvir o áudio antes de aplicá-lo a timeline apertando o botão de play. Para inserir na timeline, clique no sinal de +.

passo 4k

Ao adicionar a trilha sonora ou efeito na timelime, pode ser que ela fique maior do que seu vídeo. Para reduzir, selecione a trilha sonora e arraste uma das extremidades para reduzir.

E se quiser aumentar ou diminuir o volume, incluir o efeito de aumento/redução (“Fade in/Fade out”) do áudio no começo ou fim do vídeo ou alterar a velocidade, selecione o áudio e clique nas opções localizadas na barra da direita.

passo 4l

Obs.: lembrando que, algumas ferramentas só estão disponíveis para assinante de versão premium.

Como nomear e exportar o vídeo para publicação

Para dar um nome para o seu vídeo, clique na caixa de texto e insira um nome.

Para exportar, clique em “Exportar” e escolha uma opção de qualidade. O processo de exportação começará automaticamente.

Imagem123

Após o término da exportação, você verá algumas opções de compartilhamento. Selecione a opção desejada ou clique em “Salvar no computador” para salvar o arquivo em uma pasta dentro do computador.

Imagem 444

Para voltar, clique em “Inicio” na tela acima.

Caso você precise editar o mesmo vídeo novamente, basta acessar o Microsoft Clipchamp e clicar no projeto em “Seus vídeos”.

Imagem 333

Conclusão

Em resumo, veja algumas dicas para criar vídeos atrativos para o seu negócio e editá-los usando o Microsoft Clipchamp:

1) Tenha um bom roteiro em mãos. Sem um roteiro adequado para gravar seus vídeos é como não ter um mapa e saber para onde quer ir. Defina o propósito do vídeo, o público-alvo e o assunto principal.

2) Seu roteiro pode ser para um vídeo gravado a partir de uma câmera de smartphone, compacta, de ação, ou uma câmera DSLR/mirrorless, uma gravação de tela em formato de tutorial, um slideshow de imagens como em uma apresentação ou uma combinação destes formatos.

3) Defina o local da gravação. Tenha em mente em qual espaço você irá fazer vídeos. Pode ser uma sala pequena comercial que você já tenha acesso, seu quarto, um espaço em casa adequado ou um pequeno estúdio.

E preocupe-se com ruídos. Sempre que possível, evite horários de maior barulho ao redor ou mesmo do ar-condicionado ligado no local.

4) Atente-se para uma boa iluminação. Não descuide de um dos fatores mais importantes sobre como editar vídeos: a luz balanceada. Seja a luz natural ou artificial, entenda como usar corretamente esse elemento e ajustar sua câmera adequadamente.

5) Faça uma pequena lista dos equipamentos que você irá usar. Isso é importante para que não interrompa suas gravações quando perceber que esqueceu algo. De pilhas para um microfone ou luz de LED até o cartão de memória já formatado, é fundamental que você tenha tudo em mãos antes de começar.

6) Cuide do áudio assim como presa pela imagem. O áudio é 50% da qualidade final do vídeo. Se o áudio não estiver bom ou estiver baixo, seu vídeo será “ignorado” pelo público.

7) Faça uma variação de ângulos de câmera se possível. A câmera travada no tripé é um ponto de partida. Mas se você puder incluir detalhes de um produto, uma outra cena em movimento ou um ângulo de 45º de câmera, um plano mais aberto, outro mais fechado ou um close-up já farão a diferença no visual do vídeo.

8) Salve seus arquivos gravados imediatamente. Um dos maiores erros que um videomaker pode cometer é não salvar os arquivos gravados na primeira oportunidade que tiver.

Evite o “deixar para depois” e correr o risco de perder, danificar, corromper ou não conseguir acessar seus arquivos originais por ter procrastinado essa etapa tão importante.

Pode ser que seus primeiros vídeos não saiam exatamente como você imaginou. E não há nenhum problema nisso.

O importante é começar para, depois, melhorar e corrigir os erros, tanto na produção quanto na edição.

Mas é preciso praticar, assistir outros vídeos de pessoas que publicam vídeos similares aos seus e aprender novas técnicas sobre como editar vídeos.

Espero que com essas dicas e todo o conteúdo sobre como editar vídeos usando o Microsoft Clipchamp você consiga produzir excelentes conteúdos e divulgá-los nas plataformas de vídeos e redes sociais de sua preferência.

Deixe seu comentário
Pular para o conteúdo