CâmerasYouTube

Qual a Melhor Câmera Para Gravar Vídeos

Devo investir em uma câmera para gravar vídeos ou posso utilizar a câmera do meu smartphone? Saiba tudo aqui.

Aviso

Alguns links neste artigo podem conter links de afiliados, que podem fornecer uma pequena comissão para mim sem nenhum custo adicional para você caso decida adquirir algum produto aqui recomendado. Como participante do Programa de Associados da Amazon, sou remunerado pelas compras qualificadas efetuadas. Este site não se destina a fornecer nenhum tipo de garantia financeira e qualidade de produto adquirido e tem como caráter principal a informação, o conhecimento e o entretenimento, ficando, portanto, isento de qualquer tipo de responsabilidade/resultado obtido pelo(a) comprador(a) dos produtos aqui recomendados. Assim, todo e qualquer problema, terá que ser contatado e resolvido diretamente com o vendedor. Os direitos autorais e marcas registradas dos produtos aqui recomendados são de propriedade de seus respectivos donos. Para mais informações, leia a Política de Privacidade.

Quando pensamos em equipamentos para produzir vídeos, logo pensamos em uma boa câmera para gravar vídeos, certo?

Claro que uma boa câmera para gravar vídeos é o equipamento mais importante de todo o conjunto, mas sem as devidas lentes, uma boa iluminação, tripé, entre outros acessórios, sua produção não estará completa.

Não estou falando em investir todo o seu orçamento no que há de mais moderno ou comprar tudo de uma só vez. É preciso entender o que você precisará de fato no início e, aos poucos, ir adquirindo cada item conforme sua necessidade.

Além da câmera para gravar vídeos, é importante considerar os seguintes itens:

Entendendo o funcionamento básico dos conceitos de luz, saber como operar sua câmera de acordo com as instruções do manual e algumas técnicas de gravação, você tirará maior proveito de seu investimento para realizar os vídeos que precisa para seus negócios.

Como escolher uma câmera de vídeo

Atualmente, existem várias opções no mercado, e as três principais categorias são as câmeras DSLR, mirrorless e camcorders (sem falar nos smartphones).

Cada uma possui características distintas que atendem a diferentes necessidades, públicos, tipos de vídeos, orçamentos, etc.

Câmeras DSLR

As câmeras DSLR (Digital Single-Lens Reflex) são uma escolha popular entre videomakers e fotógrafos devido à sua versatilidade e qualidade de imagem.

Elas utilizam um espelho que reflete a luz do visor para o sensor, proporcionando imagens nítidas e detalhadas. Ao escolher uma DSLR para produção de vídeos, considere os seguintes pontos:

1. Qualidade de imagem

As DSLRs Full Frame geralmente possuem sensores maiores, resultando em imagens de alta qualidade com excelente desempenho em condições de pouca luz.

2. Lentes intercambiáveis

A capacidade de trocar as lentes oferece flexibilidade criativa, permitindo que você escolha a melhor lente para cada situação.

3. Limitações na gravação contínua

Algumas DSLRs possuem limitações de tempo de gravação contínua, o que pode ser um obstáculo para produções mais longas.

Câmeras mirrorless

As câmeras mirrorless, também conhecidas como câmeras sem espelho, são semelhantes às DSLRs, mas não possuem o sistema de espelho.

Elas têm ganhado popularidade rapidamente devido à sua portabilidade e recursos avançados. Ao considerar uma mirrorless para produção de vídeos, leve em conta os seguintes aspectos:

1. Tamanho e peso

As câmeras mirrorless são mais leves e compactas, facilitando o transporte e uso em gravações em movimento.

2. Estabilização de imagem

Algumas câmeras mirrorless possuem estabilização de imagem no corpo mais avançadas que em DSLRs mais antigas, o que ajuda a obter gravações mais suaves, especialmente sem o uso de um tripé.

3. Duração da bateria

Como são mais compactas, as mirrorless podem ter duração de bateria menor em comparação com DSLRs.

Camcorders

As camcorders são câmeras de vídeo dedicadas projetadas para capturar gravações contínuas por longos períodos.

Elas são uma excelente opção para eventos, documentários e videografia profissional em geral.

Ao pensar em adquirir uma camcorder para produção de vídeos, leve em consideração os seguintes pontos:

1. Gravação contínua

As camcorders são otimizadas para gravação contínua, permitindo filmagens de longa duração sem interrupções.

2. Controles de áudio

As camcorders geralmente possuem recursos avançados de controle de áudio, o que é essencial para a captura de áudio de alta qualidade.

3. Qualidade de imagem em condições de pouca luz

Em comparação com DSLRs e mirrorless, as camcorders podem ter desempenho inferior em ambientes com pouca luz.

A escolha entre uma câmera DSLR, mirrorless ou camcorder depende das suas necessidades específicas de produção de vídeos.

Se você valoriza a qualidade de imagem, flexibilidade de lentes e controles manuais, uma DSLR pode ser a melhor opção.

Para quem busca portabilidade, recursos avançados de vídeo e estabilização, as mirrorless são ideais.

Por outro lado, se a gravação contínua e a estabilização de imagem são fundamentais para o seu trabalho, uma camcorder é a escolha mais indicada.

Avalie suas preferências e requisitos para tomar uma decisão informada e garantir que a câmera escolhida atenda às suas expectativas na produção de vídeos e do seu orçamento.

Vantagens e desvantagens em comprar uma câmera nova ou usada para gravar vídeos

Uma das primeiras perguntas que surgem é se devo optar por uma câmera nova ou usada. Essa escolha pode ser um dilema tanto para iniciantes quanto para os mais experientes.

A decisão de comprar uma câmera nova ou usada depende das suas necessidades, orçamento e tolerância ao risco. Para quem está começando, uma câmera usada de qualidade pode ser uma ótima opção sem gastar muito. No entanto, para aqueles com mais experiência e que exigem o melhor desempenho e recursos, uma câmera nova pode ser o melhor caminho.

Vantagens em comprar uma câmera nova

Câmeras novas possuem os últimos recursos atualizados e as mais recentes inovações em tecnologia de vídeo. Isso significa uma imagem mais sólida, recursos de foco avançados, compatibilidade com acessórios mais recentes, entre outros.

Outra grande vantagem é que câmeras novas vem com garantia de fábrica. Isso proporciona tranquilidade, sabendo que você está protegido contra defeitos de fabricação por um bom tempo.

Com um modelo novo de câmera mirrorless ou mesmo DSLR, você provavelmente desfrutará de um período mais longo de relevância antes de precisar atualizar novamente, além de poder aproveitar um maior tempo de vida útil em relação aos cliques (caso utilize para eventuais fotos).

Desvantagens em comprar uma câmera nova

Câmeras novas geralmente custam mais e isso é óbvio. Mas se você tem orçamento disponível para um modelo zero, vá em frente.

Parecido com o que acontece com veículos, o valor de revenda de câmeras novas tende a cair rapidamente, o que pode resultar em perdas financeiras se você decidir vender após pouco tempo de uso.

Vantagens em comprar uma câmera usada

Câmeras usadas costumam ser mais acessíveis, o que é uma ótima opção para quem está começando ou tem um orçamento limitado desde que a câmera esteja em boas condições de uso, bem conservada externamente, revisões em dia e sem danos aparentes.

Comprar uma câmera usada pode ser vantajoso também quando seus vendedores decidem se livrar do equipamento e acabam incluindo acessórios no pacote como lentes extras, tripés, filtros, baterias e carregador, o que pode acabar sendo um beneficio para ambos.

Precisamos também considerar que o mercado de câmeras usadas oferece muitos modelos e marcas variadas, permitindo que você escolha uma câmera que atenda às suas necessidades específicas e orçamento.

Desvantagens em comprar uma câmera usada

Câmeras usadas podem apresentar sinais de desgaste, o que acaba sendo um risco de adquirir um equipamento com condições nada ideais.

Além disso, elas não vêm com garantia de fábrica. Sendo assim, o comprador é responsável por quaisquer reparos ou manutenção necessários.

Nem todas as usadas são modelos defasados. Mas dependendo do ano de fabricação da câmera usada que estiver comprando, elas podem não oferecer os recursos mais recentes tornando-as obsoletas mais cedo do que modelos novos.

Independentemente da escolha, faça uma pesquisa cuidadosa. Se puder, teste uma ou duas câmeras antes de comprar uma nova ou a usada que lhe interessar. Uma decisão informada de preços e sites garantirá que você faça a escolha mais assertiva para o seu bolso.

Qual a melhor câmera para gravar vídeos?

Quando ouço a pergunta “qual a melhor câmera para gravar vídeos”, logo respondo: comece com a câmera que você já tem!

E é bem provável que a câmera para gravar vídeos que você já tenha em mãos seja a câmera de seu celular. Ótimo!

Não se desespere ou desanime se não puder comprar aquela câmera com vários recursos que seu amigo tem ou algum novo modelo que grave em 4K.

Neste artigo, vamos focar em câmeras mais populares para gravar vídeos conhecidas como câmeras de entrada, dentre elas as chamadas DSLR (Digital Single-Lens Reflex) ou Câmera Reflex Monobjetiva Digital.

São câmeras, leves, relativamente compactas, de fácil transporte, com microfone embutido e com uma extensa linha de tripés disponíveis no mercado, preços variados e com vários recursos.

Filmando com câmera camcorder
Filmando com câmera camcorder

Pode ser também que você já tenha ouvido falar nas câmeras mirrorless, ou seja, câmeras digitais lançadas mais recentemente que não possuem o espelho que existe nas câmeras para gravar vídeos do tipo DSLR.

Este tipo de câmera faz com que o sensor da câmera fique completamente exposto, ao contrário de uma DSLR que só expõe quando o espelho é levantado.

Câmeras para gravar vídeos do tipo mirrorless são mais compactas e leves e algumas mais caras do que as câmeras DSLR.

No entanto, em alguns casos, é possível encontrar câmeras mirrorless a preços razoáveis ou equivalentes às DSLR.

Mas cuidado, pois a maioria das lentes das câmeras DSLR não são compatíveis com os corpos de câmeras mirrorless (a menos que utilize um adaptador).

Câmera para gravar vídeos: DSLR e mirrorless

Corpo e lente de câmeras DSLR ou mirrorless podem ser comprados separados ou em conjunto.

No entanto, é uma boa lente aliado à técnica que faz a diferença na captação de uma imagem de alta qualidade.

Quando falamos em preço de câmeras para gravar vídeos e suas respectivas lentes, encontramos uma grande variedade de valores no mercado, seja em reais ou em dólar (uma vez que as câmeras são importadas principalmente do Japão e Estados Unidos).

Canon 6D MKI com bateria
Canon 6D MKI com grip de bateria dupla
Canon 6D MKI
A Canon 6D MKI é uma DSLR Full Frame de alta qualidade muito popular entre fotógrafos e videomakers e uma das câmeras DSLR fora de linha sendo encontradas em sua maior parte modelos usados.

Apenas para se ter uma ideia, existem conjuntos de corpo e lente de câmeras DSLR de entrada que podem custar entre 480,00 e 650,00 dólares como é o caso de modelos de entrada da Canon e Nikon, enquanto modelos mirrorless de entrada da Canon podem custar a partir de 550,00 dólares.

Mas se desejar algo mais econômico em termos de lentes, marcas como Samyang, Tamron e Rokinon podem custar menos (especialmente as usadas), apresentam excelentes resultados e também possuem compatibilidade com câmeras para gravar vídeos da Sony, Nikon e Canon.

Corpo DSLR de câmera para gravar vídeos
Corpo da câmera Canon EOS Rebel T6i. Uma boa opção de DSLR para quem está começando

Não se deixe enganar pelo tamanho das lentes que existem no mercado.

Lentes como a Canon 50mm f/1.8 e a Canon 50mm f/1.4 são lentes EF da Canon muito populares entre fotógrafos e produtores de vídeo por apresentar um ótimo custo-benefício e imagens de qualidade profissional.

Lente 50mm
Lente 50mm f/1.8
Lente Canon 50mm f14
Lente 50mm f/1.4

Marcas e modelos de câmera para gravar vídeos

Atualmente, inúmeros fabricantes dispõem de diversos modelos e configurações de câmera para gravar vídeos para que você possa optar pela mais adequada ao seu tipo de trabalho.

Apenas como curiosidade, fabricantes como a ARRI e RED oferecem câmeras de alto padrão para produções com altos orçamentos.

Outros fabricantes como Nikon, Fujifilm, Olympus e Panasonic também dispõem não apenas de câmeras profissionais de alto desempenho, mas também linhas para produções mais acessíveis à maioria das pessoas que estão começando e com preços competitivos.

Câmeras DSLR vs. mirrorless

Para você que está começando e deseja iniciar suas produções com uma DSLR de entrada sem gastar muito, a Canon EOS Rebel T7 pode ser uma boa opção.

Por ser uma câmera versátil e relativamente de baixo custo, grava em Full HD (1920 x 1080), é compacta para transportar, possui corpo com lente removível e atende facilmente as necessidades de produções básicas, intermediárias e em alguns casos, profissionais!

A EOS Rebel T100 da Canon também é uma boa opção DSLR para quem está começando. Com gravação de vídeo em Full HD (1920 x 1080), pesa somente 440 gramas com lente e possui sensor de 18 MP, a T100 pode ser usada em vídeos para YouTube, redes sociais e muitos outros projetos em vídeo.

Se você procura uma câmera mirrorless de entrada, tanto a Canon R100 quanto a Sony Alpha A6400 são algumas das opções mais econômicas.

A R100 possui um sensor de 24 MP, grava vídeos em 4K em 23.98fps e Full HD em 23.98, 29.97, 59.94 e 120fps, além de contar com entrada para microfone externo para conectar microfones externos mais potentes enquanto a Alpha A6400 pesa 517 gramas com lente e grava vídeos em 4K em 23.98 e 29.97fps e Full HD em 23.98, 29.97, 59.94, 100 e 120 fps com sensor de 24 MP e tela touchscreen de 180º de 3 polegadas ideal para vloggers.

Uma vantagem das câmeras para gravar vídeos DSLR E mirrorless é a variedade de acessórios disponíveis para diversos tipos de gravação.

De estabilizadores de imagens, tripés e monopés à sliders, iluminação de LED e microfones, você poderá equipar sua câmera da forma que desejar e com o orçamento que puder.

No entanto, atente-se para que, antes de adquirir qualquer tipo de equipamento para sua câmera, verifique a compatibilidade e se a unidade possui entradas suficientes para que seus acessórios possam se conectar apropriadamente.

Câmera para gravar videos DSLR com lente e microfone em fio
Câmera para gravar vídeos DSLR com lente e microfone sem fio

As lentes das câmeras DSLR e mirrorless também possuem suas especificações em relação à compatibilidade com o tipo de bocal presente em cada modelo de corpo.

Se a câmera não possuir o bocal apropriado para o tipo de lente que irá usar, deverá utilizar um adaptador, principalmente quando lente e corpo não forem do mesmo fabricante.

No entanto, pode acontecer que nem todas as lentes encaixam em todos os corpos, mesmo com adaptadores!

Outra grande vantagem das câmeras DSLR e mirrorless é que, mesmo ficando obsoletas com o tempo, nem sempre você precisará trocar de “corpo”, pois a maioria dos recursos permanecerão em modelos posteriores (claro que, com algumas melhorias e adição de novas funções).

Porém, os recursos básicos como íris, ISO e shutter speed permanecerão nos equipamentos futuros. Dessa forma, você poderá investir mais em lentes e/ou novos acessórios.

As câmeras dos celulares são boas para gravar vídeos?

Conforme mencionado anteriormente, câmeras de celular são excelentes câmeras para gravar vídeos e postá-los nas redes sociais.

No entanto, ao optar por câmeras DSLR, você terá a flexibilidade de alguns recursos adicionais como a troca de lentes, utilização de filtros (polarizador, densidade neutra, entre outros) na própria lente e maior capacidade de armazenamento de dados (por conta dos cartões de memória removíveis).

Nos últimos anos, as câmeras dos smartphones têm se tornado cada vez mais sofisticadas, permitindo capturar fotos e vídeos com qualidade semelhantes a câmeras DSLR e mirrorless profissionais.

Smartphones como o Xiaomi 13T Pro possui parceria com a fabricante de câmeras e lentes profissionais Leica.

Ambas as marcas possuem um legado de excelência em ótica!

Tais modelos de smartphones possuem lentes projetadas especificamente para seus celulares. As lentes Hasselblad oferecem uma reprodução de cores precisa e detalhes nítidos sendo uma marca altamente respeitada no mundo da fotografia de médio formato.

As lentes Leica são conhecidas por sua ótica excepcional, construção robusta e também muito precisas na reprodução de cores.

Com a evolução da tecnologia, é comum surgir a pergunta:

“Posso usar a câmera do celular para gravar vídeos profissionais?”

A resposta é sim!

Com algumas dicas básicas e técnicas simples, é possível obter resultados profissionais usando apenas a câmera do seu celular.

Veja algumas dicas básicas para ajudar você a gravar vídeos com o seu smartphone:

1. Limpe a lente da câmera

Por manusearmos constantemente nossos smartphones, antes de começar a gravar, certifique-se de limpar a lente da câmera.

Muitas vezes, as impressões digitais e a poeira podem afetar a qualidade das imagens. Um simples gesto de limpeza pode fazer uma grande diferença na nitidez e clareza das suas gravações.

2. Estabilize a câmera

A estabilidade da câmera é fundamental para evitar vídeos tremidos.

Você pode investir em um tripé ou apoiá-lo sob superfícies estáveis durante a gravação. Se não tiver um tripé à disposição, experimente segurar o smartphone com as duas mãos, com os cotovelos próximos ao corpo para reduzir a trepidação.

3. Ajuste as configurações de vídeo

Antes de começar a gravar, explore as configurações da câmera do seu celular. Alguns modelos permitem ajustar a resolução, taxa de quadros (frames per second – FPS) e o foco manual.

Opte por uma resolução mais alta (como 1080p ou 4K) para obter vídeos mais detalhados. Para cenas com movimento rápido, uma taxa de quadros mais alta pode ser útil para capturar a ação com maior fluidez.

4. Cuide da iluminação

Procure gravar em locais bem iluminados e evite filmar contra a luz do sol para não criar sombras indesejadas ou silhuetas escuras.

Se estiver em ambientes com pouca luz, utilize fontes de luz artificial, como lâmpadas ou refletores, para melhorar a qualidade da imagem.

5. Grave o áudio de forma clara e limpa

A captação do áudio dos smartphones pode ser afetada por ruídos externos, vento ou até mesmo pela posição das mãos ao segurar o aparelho.

Considere investir em um microfone externo para melhorar a qualidade do áudio ou procure gravar em ambientes mais silenciosos e controlados.

6. Edição e pós-produção

Após a gravação, utilize aplicativos de edição disponíveis em seu celular para cortar trechos indesejados, ajustar cores e aplicar transições (isso se você não preferir editar no computador).

A câmera do celular pode ser uma ferramenta poderosa para a produção de vídeos.

Mas lembre-se que a câmera de celular é apenas um recurso adicional instalado no dispositivo com outro propósito, não sendo a função principal a produção de vídeos ou fotos.

Câmeras do tipo camcorder e handycam

Já, se preferir investir um pouco mais em câmeras, encontrará câmeras para gravar vídeos do tipo camcorders e handycams com tamanho, preços e marcas variadas.

Dentre alguns dos modelos, estão:

Apesar de não proporcionarem a troca de lentes, as camcorders e handycams são câmeras de fácil ajuste de foco, possibilidade em conectar microfone externo – alguns modelos (as DSLR e mirrorless também) e fone para monitoria de áudio (vários modelos) e, dependendo da câmera, possui custo similar a DSLR e mirrorless além de capacidade de gravação por longos períodos sem interrupção (geralmente as DSLR e mirrorless gravam arquivos de até 29 minutos).

No entanto, alguns modelos de camcorders e handycams não alcançam a qualidade de imagem de uma DSLR ou mirrorless com lentes mais avançadas (principalmente em condições de baixa iluminação e por possuírem sensores menores que as DSLR).

Conforme suas produções de vídeos forem ficando mais complexas e frequentes, você notará a necessidade de melhores recursos adicionais em sua câmera e ajustes manuais (por exemplo, o foco, pois dependendo do modelo da câmera, ela poderá variar os pontos focais ao utilizar o modo automático).

Então você deve estar se perguntando, para que existe o modo Automático?

Justamente para utilização em casos em que o modo Manual não possa ser ajustado a tempo para capturar uma cena específica (no caso de algumas cenas em documentários, por exemplo) ou quando se está começando a gravar os primeiros vídeos e ainda não está familiarizado com os recursos manuais.

Afinal de contas, se existe a opção do modo automático, ele pode e deve ser usado conforme seu critério de produção de vídeos.

O conceito de câmera profissional vs.câmera semi-profissional

Na hora de falarmos que esta ou aquela câmera é profissional ou semi-profissional, temos que prestar atenção no seguinte detalhe:

qual tipo de vídeo você produzirá?

Nem sempre é viável produzir uma vídeo-aula ou um tutorial online, por exemplo, com câmeras de 5, 10 ou 15 mil reais se algumas DSLRs ou mirrorless de menos de R$5.000,00 podem atendê-lo perfeitamente.

Conforme citado anteriormente, até mesmo a câmera do seu smartphone pode ser a solução e apresentar trabalhos profissionais para o seu trabalho.

Podemos considerar uma câmera como sendo “profissional” toda câmera que possa ser utilizada para o seu trabalho, atender suas necessidades e de seu público e poder ser remunerado por ele.

Por outro lado, câmeras podem ser consideradas “profissionais” à medida que são incluídos novos recursos que permitam maior controle da imagem como ajustes de temperatura de cor, controle de foco avançado, entrada para microfones externos do tipo XLR, diversos formatos de gravação (HD, Full HD, 4K), além de ajustes manuais de áudio e compatibilidade com saídas de dados do tipo HDMI e SDI.

O que quero deixar claro aqui é que, na indústria do audiovisual, às vezes, o barato pode sair caro.

Investir alguns reais a mais poderá lhe trazer segurança e confiabilidade no equipamento por mais tempo, principalmente se seu objetivo for a prestação de serviços de produção de vídeos para clientes. E quando falo em equipamento, me refiro não apenas a câmeras, mas também a tripés, microfones, luzes, entre outros.

Conclusão

É importante começar com os recursos que você já tem em mãos ou adquirir equipamentos de entrada (até mesmo os usados em boas condições) que possam atendê-lo em seus primeiros vídeos sem gastar muito.

Porém, à medida que suas produções forem ganhando relevância, você mesmo notará a necessidade de recursos de gravação melhores e mais completos.

Aprenda a Criar Seus Próprios Vídeos de Maneira Profissional Hoje Mesmo!

Deixe seu comentário
Pular para o conteúdo